RELAÇÕES QUE CURAM

0
14

Mesmo as relações difíceis trazem imensas cargas de ensino e aprendizagem ao nosso emocional. Não significa que devemos ficar presos a relações tóxicas, significa que devemos aprender a se distanciar desse tipo de relação e procurar absorver o que elas nos ensinaram sobre nós mesmos e sobre as nossas vivências afetivas.

Todas as relações podem ser usadas para nos fazer crescer, mas a relação onde prevalece o amor verdadeiro é uma profunda experiência de cura.

O amor de verdade nos dá a liberdade de ser quem somos, nos propicia o afeto que alimenta a alma e que nos dá a força para expressar o melhor que há em nós.

Uma relação saudável é um terreno fértil para fazer as nossas potencialidades crescerem. Porque o verdadeiro amor não afoga, não reprime, não molda o outro na busca de ideais.

O verdadeiro amor dá espaço para fazer crescer as virtudes que ambos carregam e florescer os dons e capacidades que cada um trouxe para doar ao mundo.

Uma relação de amor cicatriza as feridas antigas, junta os pedaços quebrados por relações passadas, traz a compreensão e o perdão com as pessoas que não ficaram.
Uma relação de amor não é uma relação perfeita.

Ela é real, com seus desafios e aprendizagens. Mas possui um elemento que dá um sentido diferente a ela.

O amor, esse sentimento alquímico que ilumina as sombras de cada ser e estimula o melhor que possuem.

Uma relação de amor é transformadora, é um laboratório para a evolução da alma, é um pilar que ajuda os envolvidos a se manterem firmes em seus propósitos, a aprenderem a se amarem também e valorizarem quem são.
É uma ligação, de corpo, mente e alma.

Uma verdadeira troca de energias que nutre os seres e impulsiona o seu progresso.
Relações difíceis nos ensinam.

Relações de amor nos curam.

Céditos: @alexandro_gruber

Artigo anteriorOs Livros, carta 26 Baralho Cigano. Conheça os significados
Próximo artigoO Sagrado Feminino em equilíbrio com o plantar da lua.
Aline Ferrão é Espiritualista sacerdote de Umbanda, dirigente do C.E.U Luzes de Aruanda em Gravataí/RS iniciada na cultura de Matriz Africana a qual representa como Yalorixá respeitando as práticas Ancestrais através dos Orixás. Domina a leitura de oráculos como Búzios e Baralho Cigano, direcionando as terapêuticas com o auxílio destas ferramentas. Conhecedora das Ervas e sua utilização no bem-estar de cada ser, assim como estudou e pratica as Técnicas de Reiki Usui, Reiki Xamânico juntamente com Apometria Cristica e Floral de Bach. Facilitadora nas terapias envolvendo a cura da Alma, com a utilização da Medicina Sagrada Ayahuasca. Médium ativa desde a infância, tem como propósito direcionar o seu trabalho dentro da espiritualidade expandindo seu conhecimento para o acolhimento de quem sentir o chamado espiritual. Em sua formação social é graduada em Pedagogia, tendo como sua área de interesse o desenvolvimento Humano.