O que significa um corpo mental- Ou corpo sutil do ser humano?

0
9

O que é o corpo mental? O importante corpo sutil do ser humano entenda tudo a seguir:

O corpo mental

corpo-mental

O corpo mental é um corpo muito mais sutil do que o astral. É o instrumento que manifesta o pensamento do Eu e, portanto, de seu espírito.

Esse veículo de consciência penetra o corpo emocional, o corpo etérico e o corpo físico ou anatômico, indo além deles e formando ao seu redor uma bela atmosfera radiante no indivíduo evoluído espiritualmente.

Enquanto que em outros casos, de pessoas menos elevadas, pode apresentar uma irradiação desagradável. Até porque no plano mental inferior ainda pode haver negatividade. Inclusive os seres maléficos mais sofisticados, os ditos anjos caídos, estão presentes nas camadas inferiores do plano mental.

O corpo mental não possui forma humana, como observado no corpo astral e no etérico. Em vez disso, tende a apresentar uma forma ovoide.

A substância do corpo mental

Mente sã; corpo são: este equilíbrio faz sentido? - Doutor Tireóide

A matéria da qual este corpo espiritual é composto, é da mesma substância do plano mental. Que é composto pelos 4 sub planos do mental inferior e pelos 3 sub planos que representam o plano mental superior. Devemos nos lembrar que cada plano espiritual é sem pré dividido em 7 sub planos.

O corpo mental centraliza em si todos os sentidos (visão, audição, tato, paladar e olfato). Esses sentidos dependem da mente.

Quando o ser humano pensa, seu pensamento penetra no sistema nervoso usando como ponte os corpos astral e etérico. E faz isso com uma velocidade notável. Assim ativando os sentidos.

O mental pessoal, isto é, o corpo mental, cresce com a ginástica diária da mente. Ou seja, com atenção, concentração e meditação.

Após a morte física, é frequente que haja um período de purgatório, um período de purificação.

Depois desse período, transcorrido no mundo astral inferior, em que são eliminadas emoções ruins, e que pode ser mais ou menos breve dependendo da condição espiritual da pessoa, o ser humano passa para astral superior.

Lá transcorre mais um tempo. E depois de uma nova morte, agora no plano astral, o corpo mental se separa do astral e se dirige para o plano mental.

Características do plano mental

características-do-plano-mental

O mundo mental é composto de duas grandes regiões, ou dois grandes planos:

O Abstrato e o Concreto.

No primeiro caso, temos o corpo mental superior ou corpo causal, sobre o qual falaremos em outro artigo. No segundo, o corpo mental inferior ou corpo mental comum. Que é o que costumamos entender como o corpo mental.

A permanência no plano mental será curta ou longa, de acordo com a vida na Terra.

É natural que, se a vida intelectual for nobre, intensa, se forem cultivados os sentimentos mais elevados da natureza humana, se o indivíduo se dedicar ao estudo da arte, da literatura, da ciência, da religião ou do esoterismo, levando uma vida de abnegação, de pensamento apostólico ou de elevado pensamento filosófico e artístico, ele sobreviverá por muito mais tempo nesta região do plano espiritual.

Entrará em contato com anjos, mestres e santos. Saciará sua sede de conhecimento e elevação.

Neste mundo, um novo corpo astral será composto a partir das tendências e pensamentos do indivíduo. Para que, desta forma, uma nova encarnação seja então preparada para o indivíduo, para o qual também será gerado um novo corpo mental. Isso tendo em vista que o corpo mental da vida anterior terá que morrer também ao final de sua experiência neste plano.

Componentes do corpo mental

Drogras e seus efeitos no corpo humano: Aprenda e previna-se!

O corpo mental, consiste na união da mente com os órgãos da percepção, e é o corpo usado para a formulação do pensamento.

É sede do ego e das intuições, mas ainda está abaixo da pura percepção do Espírito. Não tem equivalente no plano sensível, nem no animal, e é, portanto, exclusivo do ser humano.

Rudolf Steiner, neste nível chega a não falar mais de corpo, mas de alma, distinguindo-o em três componentes:

1 – Alma ciente

2 – Alma racional

3 – Alma consciente

A alma ciente pode, contudo, em alguns momentos, coincidir com o corpo astral, estando ligada às sensações. E a partir das sensações se liga a desejos e emoções.

Isso enquanto que a alma consciente pode coincidir com o próximo nível do Eu espiritual, o corpo causal. Até porque indica uma consciência superior.

A alma racional, por outro lado, é a que está no meio. É a que melhor caracteriza o ego.

O homem chega ao ego através de uma sensação. Aquela que diz que, por trás das experiências mutáveis e transitórias de dor e prazer, há algo maior.

E é precisamente essa sensação que diferencia o homem dos animais. Tanto que os animais vivenciam dor e prazer, mas ficam limitados a isso. Não há filosofia ou religião entre os animais.

Há aqui um movimento no contexto da racionalidade. Algo que permite a persistência do conhecimento através da memória.

A alma racional é, segundo Steiner, o ponto mais evidente em que há a passagem do corporal para a alma. Porque é graças à alma que o homem é capaz de guiar seu conhecimento.

Ele assim se liberta dos objetos da percepção que estão evidentes ao seu olhar e ao seu toque, às suas sensações.

Ele passa a especular, imaginar,visualizar coisas além dos seus olhos físicos ou espirituais. Coisas em que emmuitos casos só pode pensar, não ver.

Os corpos astral e mental constituem a personalidade do homem, construída histórica e socialmente, que é renovada ou transformada através da reencarnação.

Os corpos superiores já são uma outra questão.

A projeção mental

projeção-mental

Palavras-chave:

  •  Corpos sutis
  •  Espiritualismo
  • Mente
  • Esoterismo
  •  Ocultismo

A projeção mental é uma forma de projeção de consciência considerada mais elevada. Que portanto exige mais do praticante. Tanto em elevação interna como em experiência.

Em geral, os praticantes que chegam a ela dizem que são capazes de se projetar, primeiro no plano emocional, ou astral e depois seguir para o plano mental, acalmando completamente seus processos emocionais e se abstraindo dos sentidos.

Assim como a projeção astral, a projeção mental pode ser realizada através do relaxamento, durante uma sessão de meditação ou contemplação ou através da separação psíquica do corpo mental do corpo emocional ou astral.

Segundo alguns relatos, se no astral há o cordão de prata, no mental existe o cordão de ouro, que liga o corpo mental ao astral e impede uma separação definitiva antes da hora certa.

De acordo com muitos filósofos esotéricos, ao se projetar nesses planos superiores, em geral não se tem forma humanoide, a menos que se queira fazer uso de uma.

Existe ali apenas um “corpo áurico” de consciência. Um corpo em forma de lótus ou ovo, o ovoide que mencionamos antes neste artigo.

É mais comum que as experiências de êxtase espiritual ocorram neste plano. Poucos indivíduos conseguem se elevar até os planos causa.

Mesmo assim já é uma experiência extraordinária. Nos sub planos do mental superior, já há uma percepção de não existir separação entre o homem e Deus. E ao mesmo tempo ainda se preserva uma qualidade racional da experiência.

O homem se funde ao Superior, mas ainda tem um ego, uma percepção de si como personalidade.

Uma percepção que nas projeções mentais ainda não é livre de emoções, porque quando o ser humano está encarnado o corpo mental está conectado ao corpo astral.

O corpo astral ainda não morreu.

Portanto, nessas experiências se manifestam profundas emoções. As emoções ligadas ao amor mais elevado.

Os praticantes de projeções mentais, recomendam o esforço para se projetar na consciência divina, não necessariamente deixando de lado a consciência de si, mas tornando-se consciente do espírito e da vontade de Deus.

Gostou do Artigo ?

Curte, comente aqui, compartilhe em suas redes sociais!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui