O que é o Hermetismo?

0
11

O que é o Hermetismo?

O Hermetismo é uma riquíssima tradição religiosa, filosófica e esotérica enraizada principalmente nos escritos atribuídos ao sábio Hermes Trismegisto ( Trimegistus, o“Hermes Três Vezes Grande”).

Esses escritos influenciaram muito a tradição esotérica ocidental, e foram considerados de grande importância durante parte da Idade Média e por todo o Renascimento.

É uma tradição que tem suas bases na assim chamada prisca theologia, uma antiga doutrina que afirma a existência de uma única e verdadeira teologia presente em todas as religiões e que foi concedida por Deus ao homem na antiguidade.

O que é o Hermetismo? - YouTube

Muitos escritores, incluindo Lactâncio, Cipriano de Cartago, Marsilio Ficino, Pico della Mirandola, Giordano Bruno, Tommaso Campanella, Sir Thomas Browne e Ralph Waldo Emerson,consideravam Hermes Trismegisto um sábio profeta pagão que previu o Advento de Cristo.

Grande parte da importância do hermetismo, se origina de sua conexão com o desenvolvimento da ciência durante o período de 1300 a 1600 d,C.

O destaque que se deu à ideia de influenciar, ou controlar a natureza levou muitos cientistas e pesquisadores, a olharem com atenção para a magia e suas artes afins, como por exemplo; alquimia e astrologia.

Na época, o esoterismo tinha em comum com a ciência o impulso, de estudar a natureza por meio de experimentos.

No caso da alquimia, os experimentos que abrangiam a procura da Pedra Filosofal. No da magia, os experimentos espirituais das evocações de seres de outros planos.

Consequentemente, foram os aspectos práticos dos escritos herméticos que atraíram a atenção dos cientistas.

Isaac Newton, por exemplo, depositou grande fé no conceito de uma doutrina pura e não adulterada, que ele estudou com afinco para ajudá-lo a entender o mundo físico.

Origem do termo Hermético

O termo Hermético se origina do latim medieval hermeticus, que é derivado do nome do deus grego Hermes. Hermes, era o mensageiro dos deuses.

O responsável portanto por ligar o Céu à Terra, e era um deus relacionado à ciência, à sabedoria, ao estudo, à medicina. Tanto que o caduceu de Hermes é até hoje um símbolo da medicina. Foi também associado ao deus egípcio Thot, representada na figura abaixo:

Thot um deus egípcio - Mitlologia Egípcia - Egito Antigo

Hermes Trimegisto, que usava esse pseudônimo em homenagem ao deus Hermes, supostamente foi quem inventou o processo de produção de um tubo de vidro hermético (um processo alquímico). Para isso, usou um selo secreto.

Portanto, a definição de “completamente selado” está implícito nas palavras “hermeticamente fechado (ou selado)”. E o termo “hermético” também é equivalente de “oculto”, ou “difícil de decifrar”.

Até porque, os textos herméticos sempre foram carregados de simbologia, nem sempre fácil de ser compreendida pelos não iniciados.

O Hermetismo na Antiguidade Tardia

Na Antiguidade Tardia, o Hermetismo surgiu em paralelo ao cristianismo primitivo, ao gnosticismo, ao neoplatonismo, aos oráculos caldeus  e a pitagórica tardia.

Essas doutrinas foram “caracterizadas por uma resistência ao domínio da pura racionalidade ou da fé doutrinária.”

Ou seja, não seguiam nem a racionalidade mais pura de Aristóteles, que se afastava de concepções religiosas e místicas, e nem dogmas de fé rígidos.

Os textos agora conhecidos como Corpus Hermeticum são datados por tradutores modernos e pela maioria dos estudiosos como pertencendo ao início do século II ou pouco antes.

No entanto, a menção de Plutarco a Hermes Trismegisto remonta ao século I d.C.

E Tertuliano, Jâmblico e Porfírio estavam todos familiarizados com os escritos herméticos.

ilustração de Hermes Trismegisto:

Quem foi Hermes Trismegisto? - Significados, perguntas, respostas e  explicações sobre Quem foi Hermes Trismegisto?

Quanto a seus temas, esses textos se concentram na unicidade e bondade de Deus, instigam a purificação da alma e expandem o relacionamento entre mente e espírito. Sua forma literária predominante é o diálogo.

Hermes Trismegisto, segundo se dizia um antigo sacerdote egípcio, instruía seus discípulos durante esses diálogos, falando sobre vários ensinamentos da sabedoria oculta.

O Hermetismo na Idade Média, no Renascimento e no começo da Idade moderna

Encontro sobre Literatura Hermética e Hermetismo na Antiguidade

Com a queda do Império Romano, depois de séculos de desvalorização, o Hermetismo foi reintroduzido no Ocidente quando, por volta da metade do século XV, um homem chamado Leonardo de Pistoia, levou o Corpus Hermeticum à Itália.

Ele foi um dos muitos agentes enviados pelo governante de Pistoia e Florença, Cosimo de’ Medici, para vasculhar os mosteiros europeus em busca de escritos antigos perdidos.

Em 1614, Isaac Casaubon, um estudioso suíço analisou os textos herméticos antigos, e pelo estilo do Corpus Hermeticum, concluiu que os escritos atribuídos a Hermes Trismegisto, não eram obra de um antigo sacerdote egípcio, mas que datavam dos séculos I, II e III depois de Cristo.

Contudo, mesmo depois do estudo de Casaubon, Thomas Browne, afirmou com confiança: “As escolas severas (os estudiosos mais rígidos e descrentes) nunca me convencerão a abandonar a filosofia de Hermes, segundo a qual este mundo visível é apenas um reflexo do invisível.”

Discussões a esse respeito, persistem até hoje, e na verdade para a essência do Hermetismo pouco importa seo Trismegisto foi um antigo sacerdote do Egito ou um sábio grego. Ou então se esse sacerdote antigo foi alguém que inspirou textos gregos posteriores.

O que importa mais são os textos em si, e a sabedoria contida neles.

O Hermetismo nos tempos modernos Até os dias de Hoje

O Hermetismo influencia sua vida. Saiba como? | Hermetismo, Esotérica, Tarot

O Hermetismo, influenciou muitos iniciados importantes para o Esoterismo moderno e contemporâneo, como Papus, Eliphas Lévi, Alice Bailey e os autores do Caibalion, sobre o qual logo falaremos.

Em 1945, textos herméticos foram encontrados perto da cidade egípcia Nag Hammadi.Um desses textos tinha a forma de uma conversa entre Hermes e seu discípulos Asclépio.

Um segundo texto falava sobre as escolas de mistérios herméticos.

Estava escrito na língua copta, a forma mais recente de escrita da antiga língua egípcia.

De acordo com Geza Vermes, o hermetismo era um misticismo helenístico (de origem grega) contemporâneo ao Evangelho de João.

Hermes Tresmegisto era “a reencarnação helenizada da divindade egípcia Thoth, a fonte da sabedoria, que se acreditava que pudesse divinizar o homem através do conhecimento (gnose).”

Gilles Quispel diz: “Agora é completamente certo que existia antes e depois do início da era cristã, em Alexandria uma sociedade secreta, semelhante a uma loja maçônica.

Os membros deste grupo se autodenominavam irmãos, eram iniciados por um batismo do Espírito, cumprimentavam-se com um beijo sagrado, celebravam uma refeição sagrada e liam os escritos herméticos como tratados edificantes (exemplares) para seu progresso espiritual”.

O Caibalion

CAIBALION | As 7 Leis Universais. O Caibalion (Kybalion), publicado em… |  by A Casa Cósmica | Medium

O Caibalion foi publicado em 1908 pela Yogi Publication Society.

Seus autores (ou organizadores) foram três espiritualistas que usaram o pseudônimo de “os Três Iniciados” surgiu com a afirmação de conter a essência dos ensinamentos de Hermes Trismegisto.

Apareceu como um tratado voltado a ensinar o Hermetismo como era aprendido nas escolas herméticas do Antigo Egito e da Antiga Grécia.

Seu material se tornou um dos pilares, do ocultismo da época e muitas das ideias apresentadas neste livro anteciparam conceitos que se tornaram populares no século XXI, como por exemplo, a Lei da Atração.

Segundo os autores, a versão atual do Caibalion seria uma reformulação de um antigo livro de iniciação do mesmo nome. E teria sido transmitido no boca, a boca por gerações, passando de mestre, para discípulo, até que se chegasse ao formato do livro como foi publicado.

Por isso também, pode-se considerá-los, como organizadores ou responsáveis.

O título faz referência à palavra hebraica, que em seu significado sugere a existência de uma tradição ou doutrina, manifestada por um Ente superior. Tem a mesma raiz da palavra cabala.

A concepção de Deus do Hermetismo

HERMES TRISMEGISTO - O TRES VEZES GRANDE,O PAI DO HERMETISMO

No Hermetismo, a entidade suprema é referida de várias maneiras como Deus, o Todo ou o Um.

Deus, no Hermetismo tradicional, é unitário e transcendente: portanto ele é um e existe separado do cosmo material.

Segundo algumas correntes herméticas, a Divindade criou o cosmo como um Deus pessoal. Segundo outras, simplesmente emanou o cosmo de si mesma.

Deus no entanto, não é o único ser sobrenatural.

O Hermetismo, concorda com a ideia que diversos seres espirituais, como é os anjos e celestiais, existem dentro do universo.

A Prisca theologia

Os hermetistas acreditam em uma prisca theologia, a doutrina de que existe uma única e verdadeira teologia, que existe em todas as religiões e que foi dada por Deus ao homem ainda na antiguidade.

Segundo antigos autores, inclusive alguns dos chamados pais da Igreja cristã, Hermes Trismegisto era um contemporâneo de Moisés.

Prisca Theologia - Meta Social NFT Marketplace

O mais recentemente, alguns autores como: Aldous Huxley, desenvolveram o conceito de Philosophia Perennis:

Uma sabedoria eterna, e comum a todas as religiões, algo muito semelhante a à Prisca theologia do Hermetismo.

“Assim acima, como abaixo”: A Tábua de Esmeralda

A mais famosa das máximas herméticas está representada imageticamente na carta do Mago do Tarot. Basta olhar atentamente para como o Mago se posiciona.

Esta frase se origina do texto:  A Tábua de Esmeralda, o texto de Hermes Trismegisto que teria dado origem à Alquimia.

A Tábua de Esmeralda - O Documento que deu Origem à Alquimia

A Tábua de Esmeralda diz o seguinte:

  • (1) É verdade, certo e muito verdadeiro:
  • (2) O que está embaixo é como o que está em cima e o que está em cima é como o que está embaixo, para realizar os milagres de uma única coisa.
  • (3) E assim como todas as coisas vieram do Um, assim todas as coisas são únicas, por adaptação.
  • (4) O Sol é o pai, a Lua é a mãe, o vento o embalou em seu ventre, a Terra é sua nutridora;
  • (5) O Pai de toda Telesma do mundo está nisto.
  • (6) Seu poder é pleno, se é convertido em Terra.
  • (7) Separarás a Terra do Fogo, o sutil do denso, suavemente e com grande perícia.
  • (8)Sobe da terra para o Céu e desce novamente à Terra e recolhe a força das coisas superiores e inferiores.
  • (9) Desse modo obterás a glória do mundo.
  • (10)E se afastarão de ti todas as trevas.
  • (11)Nisso consiste o poder poderoso de todo poder:

Vencerás todas as coisas sutis, e penetrarás em tudo o que é sólido.

  • (12)Assim o mundo foi criado.
  • (13)Esta é a fonte, das admiráveis adaptações aqui indicadas.
  • (14)Por esta razão, fui chamado de Hermes Trismegisto, pois possuo as três partes da filosofia universal.
  • (15) O que eu disse da Obra Solar é completo.

Esse princípio também, é frequentemente usado no sentido de existirem, o microcosmo e o macrocosmo.

O microcosmo é o si mesmo, e o macrocosmo é o universo.

O macrocosmo é como o microcosmo e vice-versa:

Nós, em nossa essência, somos semelhantes ao universo. É também, por isso que os seres humanos deveriam compreender melhor uns aos outros. Porque na essência somos todos igualmente elevados.

O Hermetismo e a Alquimia

Esoterismo DeMolay: Iniciação - Hermetismo e Alquimia

A Alquimia (também chamada de operação do Sol), não é apenas a operação química, que produz a mudança do chumbo em ouro. É um estudo profundo da vida, do espírito e da matéria.

Não é uma simples forma de se ter uma vida mais longa, ou alcançar a imortalidade. Para a Alquimia, a Longa Vida ea Iluminação espiritual são inseparáveis.

Desde o início Alquimia e o Hermetismo caminharam juntos, e podem ser considerados praticamente a mesma disciplina. De certa forma o Hermetismo seria a teoria e a Alquimia a prática.

Os vários estágios da destilação e fermentação química, entre outros processos, são aspectos de mistérios que, quando aplicados, aceleram os processos da natureza para levar um corpo natural à perfeição.

A prática laboratorial e o caminho espiritual são paralelos.

O corpo e seu intelecto se elevam junto com a alma.

A perfeição almejada pela Alquimia é a realização da magnum opus (ou seja, a “Grande Obra”).

A Teurgia

Diferença entre Magia e Teurgia - Alquimia Operativa

Existem dois tipos diferentes de magia, de acordo com a Apologia de Pico della Mirandola. E eles são completamente opostos um ao outro.

O primeiro é a Goetia ou Goécia, a magia negra dependente de uma aliança com espíritos malignos (ou seja, demônios).

A segunda é a Teurgia, a magia divina dependente de uma aliança com espíritos divinos (ou seja, anjos, arcanjos, espíritos celestiais).

A Teurgia é outro aspecto prático da filosofia hermética, e é vista como algo profundamente ligado à Alquimia.

A Alquimia é vista como a “chave”que abre os maiores tesouros da Teurgia. Até porque, com a transmutação alquímica, pode-se ter pleno acesso aos planos superiores à Consciência Divina que é o objetivo último da Teurgia.

As Sete Leis Herméticas ou Sete Princípios do Hermetismo

Não poderíamos terminar sem mencionar aquelas que são as principais leis do Hermetismo:

  • Lei da Correspondência. “O que está em cima é como o que está embaixo.”
  • Lei do Mentalismo: “O Todo é Mente; o Universo é Mental.”
  • Lei da Vibração: “Nada está parado, tudo se move, tudo vibra.”
  • Lei da Polaridade: “Tudo é duplo, tudo tem dois polos, tudo tem o seu oposto. O igual e o desigual são a mesma coisa. Os extremos se tocam, todas as verdades são meias-verdades. Todos os paradoxos podem ser reconciliados.”
  • Lei do Ritmo: “Tudo tem fluxo e refluxo, tudo tem suas marés tudo sobe e desce, o ritmo é a compensação.”
  • Lei do Gênero: “O Gênero está em tudo. Tudo tem seus princípios Masculino e Feminino, o gênero se manifesta em todos os planos de criação.”
  • Lei de Causa e Efeito, “Toda causa tem seu efeito, todo o efeito tem sua causa, existem muitos planos de causalidade mas nenhum escapa à Lei.”

Sobre a Lei da Correspondência, já falamos um pouco.

Contudo, não vamos detalhar aqui as Sete Leis ou Princípios.

Caso queira saber mais, acesse o artigo específico a respeito e continue se informando sobre esta magnífica filosofia.

Gostou do Artigo?

Curte, comente aqui, e compartilhe, em suas redes sociais!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui